27.8.15

Curso corte e costura

Estou super e mega feliz!!!
Na primeira semana de agosto iniciei um curso de corte e costura.

Com uma pessoa maravilhosa. Considero-a uma amiga.
Fiquei ao lado dela depois que ganhei meu filho em maio de 2011 na maternidade. Fizemos amizade. Trocamos telefone e desde então sempre nos comunicávamos. 
O nome dessa amiga é Imaculada e todos chama-a de Lada. Uma pessoa maravilhosa, uma amizade para vida toda.
Ela esta ensinando a costura de uma forma prática e sem frescuras.

Cheguei na primeira aula cheia de sonhos, anseios e expectativas. 
Fiquei muito emocionada.!!! Mais um sonho realizado... Deus no Controle sempre!!!

O material solicitado por ela para a primeira aula foi:

Fita Métrica;
Papel Kraft;
Lápis, borracha e réguas

Levei comigo as réguas que vieram no estojo do Método Centesimal. Falei dele: AQUI

A primeira lição foi tirar medidas.
Essa sem duvida é a etapa mais importante para o inicio da costura. ( Quero trazer um artigo sobre isso)

E no mesmo dia ela nos ensinou a modelar um corpinho...


E cada semana uma nova lição para nos encher de esperança e novas perspectiva.

Aos poucos as costuras vão chegando por aqui...

Vamos la coser!!!


Já estou crucificado com Cristo; e vivo, não mais eu, mas Cristo vive em mim; e a vida que agora vivo na carne, vivo-a pela fé do Filho de Deus, o qual me amou, e se entregou a si mesmo por mim.

26.8.15

Etiquetas, como entendê-las???

Quem nunca deu uma espiadinha na etiqueta da roupa e pensou para que serve isso???


Pois bem, há uma lei que regulamenta o uso das etiquetas e eu achei... Lei nº 5956, de 03 de dezembro de 1973 e regulamenta pela Resolução nº 1/01 de 31/05/2001, em vigor a partir de 12 de abril de 2002, e substitui a Resolução 04/92 de 08/01/1992. A LEI DAS ETIQUETAS. é VÁLIDA PARA O Brasil e países membros do MERCOSUL. Ufa!!!

O trabalho com tecido requer cuidados específicos por conta de suas composições:
  • O couro;
  • A seda;
  • A pele são uns deles.

Há outros  que são mais comuns e utilizados em nossos atelies:
  • Tricoline;
  • Sarja;
  • Jeans e
  • Outros sintéticos.

Porém, independentemente do grau de dificuldade é de suma importância observar a preferência de suas clientes e procurar atendê-las em suas necessidades, orientando- as quanto aos cuidados com as peças.
Contudo, vale a pena ficar por dentro desses detalhes, pois a satisfação é maior.

Abaixo segue a imagem, parte de um livro do Senac que folhei por ai com o nome de "Pronto Socorro da Costura". Mas é claro e já vi que há muito, mais muito símbolos mesmo, estes creio que são os básicos...


A lei você encontra nesses link: AQUI, esta em pdf super curtinha, mas com informações bacanérrimas.

E pauta:

  1. Descrições gerais;
  2. Informações que devem constar nas etiquetas;
  3. Como indicar;
  4. Onde afixar a etiqueta;
  5. Como indicar a composição;
  6. Tratamento de cuidado para preservação;
  7. Marcação nas embalagens;
  8. Produtos destinados à indústria de transformação;
  9. Considerações finas.

Também há uma pauta com Importante para:

  • Varejistas e atacadista de tecidos;
  • Confeccionista;
  • Lojistas.

Anexos I:
Denominação e descrição das principais fibras e filamentos têxteis.

Anexos II:
Produtos que não estão sujeitos a etiquetagem.

Muito legal, não é mesmo... Coloquei somente as pautas da lei, mas leiam é muito interessante...

Vivendo e aprendendo sempre...

E vem mais novidades por ai!!!!
Bons e criativos trabalhos


Porquanto não há diferença entre judeu e grego; porque um mesmo é o Senhor de todos, rico para com todos os que o invocam.

21.8.15

Minha Maleta de maquiagem

Olá!!!! Flores do dia!!!!

Vamos abrir mais um marcador para o blog, pois sou muito curiosa...

"Costura e Beleza"

Siiiiimmmm

Vou escrever um pouquinho sobre minhas aventuras no universo feminino, cosméticos, unhas, maquiagem e por aí vai. Bem, de tudo um tanto...rsrsr

E hoje quero apresentar para vocês minha primeira maleta de maquiagem, claro que vou mostrar aos poucos, minhas experiências e fascinação por esse universo.

Olha a linda aí:

Ganhei de presente de uma pessoa muito querida. A Kelly!!!


Claro que eu já recheei ela com muitos produtos que amo!!!

Em breve trarei para vocês conhecerem minhas preferências, meus gostos, 
enfim, tudo que amo e mais um pouco...

Até as próximas descobertas!!!

19.8.15

Matelassê

Amo assuntos de costuras. Me avivam sempre!!

Quando iniciei meus trabalhos com patchwork só fazia o quiting reto. 
Uma vez fiz uma bolsa e desenvolvi uma régua para fazer em formato de ondas...rsrrss...



Quantas recordações boas!!!
Mas o que realmente é o Quilt??

O Quilt é o sanduíche topo, manta ou enchimento e o forro.

E o quilting?

É acolchoar! É o ato de bordar à mão ou à máquina unindo duas ou mais camadas e há dois tipo:

O Quilting livre, onde usa- se formas abstratas para unir as camadas e,

O Quilting reto 

Outra técnica para unir o quilt é o Matelassê que apresenta padrões em linhas retas ou não, unindo as camadas em vários sentidos.

Desenhei em meu caderninho milimetrado alguns motivos para vocês verem:


Diagonal



Diamante 

Quadriculado 

Reto 

Zig Zag 

Entre linhas ou no vale 


Já fiz um trabalho e mostrei aqui no blog com o motivo: Diamante


Puro Charme!!!

Uma dica de costureira, sempre iniciar seu quilt do meio para as extremidades. 
Cortar a manta um pouco maior.
Para o quilting reto ou matelassê é bom utilizar uma régua e um lápis ou giz de alfaiate para marcar o tecido. Ou com ajuda de um carbono e uma carretilha . Já observei muitas meninas usarem também fita crepe.
Vai ressaltar que o giz de alfaiate é facilmente removidos com escova ou à ferro, os traços à lápis convém fazer um teste em amostra.
Outra maneira é utilizar tecidos com formas geométricas com motivos que desejam criar.
Outro blog que falou sobre matelassê foi o Super Ziper e também as meninas deixam um link com  padrões super bacanas.


Bons e criativos trabalhos... 

7.8.15

Minha máquina de costura - Singer 15C

Respirei de alívio e felicidade, muita felicidade...
É com enorme prazer que eu venho mostrar a vocês a minha nova companheira de aventuras


Quem acompanha nos pelo Instagram e em nossa página do Facebook, 
já viu ela dando seu ar da graça por lá.

Comprei ela num site de compra e venda, não fazia ideia do que viria pela frente e foi então que toda eufórica pela chegada da nova parceira recorri ao “Tio Google” para procurar como manuseá-la, e encontrei o manual: Aqui


Assisti esse vídeo de como Lubrificar a máquina Singer 15 C  Aqui

Quem já deu uma passadinha por aqui deve ter visto que uso uma Elgin Antiga e falei dela AQUI.
Já contei que essa não foi minha primeira opção, mas com certeza hoje sei que foi a melhor escolha. Ela é bonita e charmosa, e ótima, tem sua estrutura de ferro interno e externo.
Para começar a trabalhar com ela tive que dá uma boa limpeza, pois ela estava bem sujinha por dentro, lubrifiquei e prontinha para costurar.

Como sou muito curiosa fui à procura para descobrir qual a idade dela. No meio do caminho descobri o Blog: “Se virando na costura” que trás essa noticia para nós apreciadoras de uma peça vintage.
Aqui



Como saber onde esta o número de serie? Eu encontrei na parte inferior gravado no próprio ferro da máquina.

 E a minha já veio com a data de fabricação: 08- 02- 71
Não é linda de viver???
 Qual a máquina de costura que vocês usam???

Gostaram? Deixem seus comentários!!
Bons e criativos trabalhos!!!


3.8.15

Meu Ateliê - Minhas etiquetas


Ultimamente e vagarosamente tenho colocado meu sonho em ter um atelie em prática.
Um tempo atrás, em meus primeiros trabalhos tive um desejo em ter também em minhas peças uma etiqueta. 
Algo que identificasse meu trabalho. E os anos foram passando, passando e passando de novo e nada!

Poxa vida!!

Conheço muitas blogueiras que tem suas etiquetas, ficava vislumbrada, uma mais linda que a outras.
E foi então, que no Facebook pedi indicação para algumas meninas e observei tudo, né gente?

Frete;
Observei trabalhos;
Comentarios nos grupos, e por ai foi....
Então decidi pedi as minhas...Com a Marcia do Carinho Personalizado!

E eis que lindas..



Agora minhas peças sairão identificadas e com charme a mais.

Bons e criativos trabalhos